Qual a dieta correta para atletas?

Proteína, hidratos de carbono e gordura: o plano de nutrição do atleta deve ser alinhado com a fase de treino e o objetivo em questão.

Não há questão sobre isto: se quer ficar em forma, precisa de muita energia. Mas onde é melhor ir buscar esta energia nem sempre é claro. Os hidratos de carbono são tudo e terminam tudo? Ou a proteína é melhor para construir músculo? E a gordura? A dieta correta depende em larga escala do tempo do seu treino e dos seus objetivos de treino.

Se esta a preparar-se para a próxima temporada de futebol ou uma competição, precisa de construir massa muscular, diz Dr Mathias Frey, da Equipa de Futebol profissional 1. FC Heidenheim. É neste ponto que mudar para uma dieta com mais proteína faz sentido: uma boa parte da sua dieta deve advir de proteína. E, claro, a fonte não deve ser exclusivamente de ovos. Carne magra, peixe e produtos lácteos são todos fontes de proteína. Barras de proteína dispendiosas não são sempre necessárias. 30% da sua energia deve advir de hidratos de carbono, como massa, arroz e pão integral, são ideais. O resto da sua dieta pode ser realizada de gordura. Gordura está em muitos géneros alimentícios, incluindo a carne, peixe, produtos lácteos e pão.

Não coma antes de treinar
Durante a temporada ou se um atleta simplesmente quer manter o seu status quo, o plano de nutrição deve ser um pouco diferente. As calorias devem ser tidas em conta sendo 40% de proteína e 40% de hidratos de carbono, e 20% de gordura. Por isso, se comer tanto carboidrato como carne, peixe ou lácteos e metade da gordura, está no caminho certo.

Deve tentar não ingerir alimentos em demasia antes de treinar. “isto coloca pressão no “nervo vago”, explica Dr. Frey. Este nervo é um dos maiores nervos craniais e dispõe de ligação a órgãos internos como o coração, pulmões, estômago e intestinos. “Comer antes de treinar é como deixar a sua TV em stand-by.” Não é a melhor maneira de recarregar baterias. É melhor tomar a sua última refeição 3 horas antes de treinar e deve conter bastante hidratos de carbono e pouca gordura. Isto fornece ao seu corpo energia disponível para treinar ou para competição, mas o seu sistema digestivo não será mantido demasiado ocupado.